Para Windows:

  1. Navegar para a página de transferência do Tor Browser.

  2. Transferir o ficheiro .exe do Windows

  3. (Recomendado) Verificar a assinatura do ficheiro.

  4. Quando a transferência estiver concluída, clique duplo no ficheiro .exe. Conclua o processo do assistente de instalação.

Para macOS:

  1. Navegar para a página de transferência do Tor Browser.

  2. Transferir o ficheiro .dmg do macOS

  3. (Recomendado) Verificar a assinatura do ficheiro.

  4. Quando a transferência estiver concluída, clique duplo no ficheiro .dmg. Conclua o processo do assistente de instalação.

Para GNU/Linux:

  1. Navegar para a página de transferência do Tor Browser.

  2. Transferir o ficheiro .tar.xz do GNU/Linux

  3. (Recomendado) Verificar a assinatura do ficheiro.

  4. Quando a transferência estiver concluída, extraia o arquivo com o comando tar -xf [TB archive] ou utilizando um gestor de arquivos.

  5. Terá de dizer ao seu GNU/Linux que pretende a capacidade de executar ''scripts'' de ''shell'' através da interface gráfica. Navegar até à diretoria extraída recentemente do Tor Browser. Clique com o botão direito em start-tor-browser.desktop, abra "Propriedades" ou "Preferências" e altere a permissão para permitir a execução do ficheiro como um programa. Duplo clique no ícone para iniciar o Tor Browser pela primeira vez.

  6. Alternativamente, dentro da diretoria do Tor Browser, também pode iniciá-lo na linha de comandos, executando:

    ./start-tor-browser